quarta-feira, 21 de abril de 2010

CAMPANHA HUMANITÁRIA PARA O RIO DE JANEIRO

Equipe da Guarda Civil Municipal
de Ribeirão Preto que participou do Mutirão
A Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio do Fundo Social de Solidariedade, Guarda Civil Municipal e as Administrações Regionais mobilizaram os moradores dos bairros Campos Elíseos, Vila Tibério e Bonfim Paulista nesta quarta-feira, dia 21, a fim conseguir donativos para colaborar com as famílias atingidas pelas chuvas que castigaram Niterói, no Rio de Janeiro. Para isso, percorreram casa a casa, em sistema de mutirão, em busca de itens necessários para o atendimento das vítimas.
O mutirão concentrou-se em três locais, como na Praça Rômulo Morandi, nos Campos Elíseos, na Praça Coração de Maria, na Vila Tibério e na Praça Central em Bonfim Paulista.
A campanha vai até o dia 24 de abril próximo. E toda ajuda pode ser feita no Fundo Social de Solidariedade, na rua Cerqueira César, 383, Sede da Guarda Civil Municipal, na rua Lafaiete, 1676, lojas do Savegnago Supermercados, Postos da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Tiro de Guerra, Policia Civil, Rodonaves, entre outros.
Os itens de maior necessidade são: fraldas infantil e geriátrica, produtos de limpeza e higiene e leite em pó e longa vida.
Produtos arrecadados
GCM´s em Ação
GCM´s em Ação

GCM´s em Ação



Arrecadação no Parque Tom Jobim

sexta-feira, 16 de abril de 2010

CAMPANHA DE AJUDA HUMANITÁRIA AO RIO DE JANEIRO

Fundo Social e Guarda Civil Municipal arrecadarão donativos, no domingo, para vítimas das chuvas em Niterói
A arrecadação acontecerá no “domingo de pesca”, dia 18, no Parque Tom Jobim, das 9 às 17h

O Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Preto e Guarda Civil Municipal estarão neste domingo, dia 18, no Parque Tom Jobim arrecadando produtos de primeira necessidade para as vítimas das fortes chuvas na cidade de Niterói. A ideia é aproveitar o dia especial de pescaria, quando a população poderá comparecer ao parque, para a pesca com vara.
As arrecadações reforçarão uma campanha de ajuda humanitária às vítimas das chuvas em Niterói, lançada pelo Fundo Social esta semana e que vai até o dia 24 de abril de 2010. Entre os produtos que poderão ser arrecadados estão fraldas (infantil e geriátrica), leite, produtos de higiene, limpeza, roupas e cobertores, que serão repassados à Defesa Civil de Niterói.
As doações também podem ser feitas no Fundo Social de Solidariedade, Bases da Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil.
Para a presidente do Fundo Social, Mara Regina Canheo Pereira, é fundamental que as pessoas se mobilizem e contribuam com a campanha. “Todos se sensibilizam com a tragédia de pessoas que perderam suas casas e familiares. Por isso é importante nos unirmos para amenizar a dor destas pessoas”, afirma Mara.
Em parceria com o Fundo Social, participam da campanha algumas empresas privadas, Guarda Civil Municipal, Tiro de Guerra, Polícia Militar e Polícia Civil.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

2ª REUNIÃO DE COMANDANTES DAS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS

Dia 13 de abril de 2010 (terça-feira)
Local: Centro Convivencia da Melhor Idade (Turcão I) - Monte Alto/SP
Horário: A partir das 14:00 horas

É essencial a participação de todos os Comandantes ou de quem os represente, pois somente unidas as Guardas Civis Municipais ocuparão o lugar de destaque que merecem e prestarão cada vez mais serviços de excelência à população.
Foto da 1ª Reunião de Comandantes de GCM´s
realizada em Ribeirão Preto

Comandante da GCM de Ibaté e GCM´s de Araraquara visitam a GCM de Ribeirão Preto

Na foto vemos da esquerda para a direita: GCM Almeida (Ibaté), Cmt Padovan (Ibaté), Cmt GCM André Tavares (RP), GCM Luiz (Araraquara), GCMF Marcia (Araraquara) e Diretora Operacional GCMF Lidiana (RP)
No dia 26 de março de 2010 o Comandante da GCM de Ibaté e GCM´s de Araraquara visitaram a GCM de Ribeirão Preto. Na oportunidade as Instituições trocaram informações e assumiram o compromisso de trabalhar em parceria, visnado o crescimento das GCM´s e o aperfeiçoamento dos serviços prestados à população.

Projeto “Educando para a Vida” é retomado nas escolas municipais

Projeto “Educando para a Vida” é retomado nas escolas municipais. Voltado ao atendimento de alunos de 4ªs séries das escolas municipais, projeto tem como meta orientação e prevenção contra o uso de drogas

A Guarda Civil Municipal, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e Associação Nacional de Prevenção ao Uso de Drogas (ANPUAD), deu início nesta semana, dia 30 de março, ao projeto “Educando para a Vida”, nas escolas municipais: Dom Luiz do Amaral Mousinho (127 alunos), Alfeu Gasparini (227 alunos), Neuza Michelutti Marzola (90 alunos), Elisa Duboc Garcia (70 alunos) e João Gilberto Sampaio (70 alunos). No total, 584 alunos serão atendidos neste semestre.
O Programa “Educando para a Vida”, é voltado para alunos de 4ªs séries, visando à prevenção ao uso e abuso de drogas e da violência, tendo como prioridades a valorização do aluno, pais e professores, bem como realçar os valores humanos e sociais. Implantado pela Guarda Civil Municipal nas Escolas da Rede Municipal de Ensino, no ano de 2003, o programa já atendeu 9.146 alunos, sendo realizado pelos Agentes de Prevenção - Guardas Municipais Fortuna, Mendes, Lino e Normando.
Segundo André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, as aulas acontecem uma vez por semana, nos períodos da manhã e tarde, em cada escola durante dois meses e motivando os alunos a terem valores sociais e familiares. “Também se estimula a autoestima, valorização de vínculos afetivos, valores éticos e convívio social. A meta é educar o aluno e torná-lo apto a identificar ações problemáticas; ampliando a capacidade de refletir e agir com autonomia, de acordo com a teoria cognitivista, somando esforços com as unidades escolares municipais na formação de cidadãos dignos”, completa André.
A Guarda Civil Municipal informa que as escolas municipais interessadas em receber o projeto “Educando para a Vida” devem fazer agendamento pelo telefone 36324747, falar com a Diretora Operacional, Lidiana.

domingo, 4 de abril de 2010

GCM-RIBEIRÃO PRETO PARTICIPOU DE INAUGURAÇÃO DA BASE COMUNITÁRIA DA GCM DE BEBEDOURO

Segurança – Moradores de Turvínia têm atendida uma antiga reivindicação: a Base Comunitária de Segurança.

Domingo (28/3), às 9h30, o Comandante da Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto André Tavares, participou de evento na cidade de Bebedouro, Distrito de Turvínia, quando foi inaugurada a Base Comunitária de Segurança da Guarda Civil Municipal, antiga reivindicação dos moradores. A base funcionará na Rua Isaías Homem de Mello, 20, a princípio, com um guarda para atender às ocorrências e atuar na segurança. Os moradores poderão procurar atendimento 24h. Uma viatura será disponibilizada exclusivamente para o distrito. O prefeito João Batista Bianchini, o Italiano, lembra que a implantação da base consta dos planos de segurança da administração.
O Comandante da Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto discursou durante a solenidade defendendo a ampliação da presença dos GCM´s junto à comunidade e que a inauguração dessa Base deve ser levada como bom exemplo na próxima reunião de Comandantes de GCM´s a ser realizada no município de Monte Alto, no dia 13 de abril, a partir das 14 horas.
Cmte GCM Roberto da GCM de Bebedouro
Durante o evento tive a grata satisfação de conhecer o Presidente e o Diretor de Operações da Defesa Civil de Bebedouro e firmamos parceria no sentido de trocar experiências importantes para o fortalecimento da Defesa Civil dos municípios.



DEFESA CIVIL EM AÇÃO

Equipes municipais saem às ruas para limpeza da cidade após vendaval
Vendaval ocorrido por volta das 16h40 atingiu alguns pontos da cidade ocasionando a queda de árvores de médio e grande porte

Uma ação emergencial acionou, na tarde desta sexta-feira, dia 12 de março, as equipes municipais, que saíram às ruas para realizar a limpeza geral da cidade após ocorrência de forte vendaval, que atingiu alguns pontos da cidade por volta das 16h40. O vento forte ocasionou a queda de várias árvores de médio e grande porte nos seguintes locais: avenida Nove de Julho e ruas Lafaiete, Arnaldo Victaliano, Alice Alem Saad e também na UBDS Castelo Branco.
A operação conjunta, das secretarias da Infraestrutura, Casa Civil, Meio Ambiente, Daerp, Transerp, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros, contribuiu para agilizar a retirada das árvores derrubadas pelos ventos, proceder a limpeza da localidade, e evitar a interdição do trânsito, contribuindo para a fluidez normal do trânsito.
Incêndio na Favela do Jd Aeroporto atingi 4 Barracos
No mesmo dia à noite 3 barracos localizados na Favela do Jd Aeroporto foram totalmente destruídos pelo fogo e mais 1 barraco foi atingido parcialmente. De imediato equipes do Corpo de Bombeiros foram para o local e impediram que o fogo se alastrasse. Também estiveram no local viaturas da Guarda Civil Municipal, Assistentes Sociais e a Prefeita Dárcy Vera que acompanhou os trabalhos pessoalmente colocando-se à disposição para ajudar os municípes vitimados pelo incêndio.











FÓRUM SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS NA SEGURANÇA DO MUNICIPIO

A ASSOCIAÇÃO DAS GUARDAS MUNICIPAIS DO BRASIL E DO ESTADO SÃO PAULO (AGM Brasil e AGMESP) promoveu no dia 22 de março de 2010, na Câmara Municipal de Franca o FÓRUM SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS GMS NA SEGURANÇA DO MUNICIPIO.
P R O G R A M A Ç Ã O
08:00h as 09:00h – credenciamento 09:00h- Abertura Solene
09:30 ás 10:20 h –– ”A IMPORTÂNCIA DAS GMS NA SEGURANÇA MUNICIPAL” . (André Tavares – Superintendente da GM de Ribeirão Preto)
10:40h ás 11:30h – ” APOIO PARLAMENTAR E ENTIDADES À GM DE FRANCA” (PARLAMENTARES PRESENTES)
11:40h ás 12:00h –perguntas e respostas
12:00h as 13:30h - ALMOÇO.
14:00h ás 14:50h – “FUNDAMENTOS JURIDICOS DAS ATRIBUIÇÕES DAS GMS” (Carlos Alexandre Braga- Presidente da AGMESP/AGMBRASIL)
15:10 ás 15:50h – “Debates sobre a importância das GMS na segurança Municipal”
16:10h às 16:40h- Encerramento e elaboração da Carta.
PRESENÇAS ESPECIAIS:
SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SEGURANÇA SERGIO BURANELLI
DEPUTADO FEDERAL ARNALDO FARIA DE SÁ
DEPUTADO FEDERAL UBIALI
DEPUTADO ESTADUAL GILSON DE SOUZA
DR.CARLOS ALEXANDRE BRAGA - PRESIDENTE DA AGM-BRASIL E AGMESP

O Comandante da GCM Ribeirão Preto André Tavares foi um dos palestrantes do Evento
com o tema ”A IMPORTÂNCIA DAS GMS NA SEGURANÇA MUNICIPAL”

GCM´s assistindo atentamente os discursos

Almoço de Confraternização da Família Azul Marinho


LINO STRAMBI VISITA A GCM E PRESTIGIA A POSSE DOS NOVOS GCM´S

No dia 19 de março de 2010, a Guarda Civil Municipal (GCM) teve a honra de receber a visita do Sr Lino Strambi, empresário e pessoa bastante atuante dentro Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP). Na oportunidade foi reafirmado o excelente relacionamento entre a GCM e a ACIRP, também conversamos sobre a segurança na área central do município e o sistema de monitoramento eletrônico.

Na sequência o Sr Lino Strambi participou da solenidade de posse dos novos 23 GCM´s.

sábado, 3 de abril de 2010

23 novos Guardas Civis Municipais tomaram posse no dia 19 de março de 2010

Mesa de Autoridades durante a execução dos Hinos Nacional e de Ribeirão Preto

Prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, participa de solenidade que aconteceu
paralelamente ao início do curso de formação dos novos guardas municipais

Prefeita afirma que contratações visam demanda de trabalho na cidade em defesa ao patrimônio público e em benefício da população

Solenidade dá posse a 23 novos Guardas Civis Municipais. Contratações reforçam o efetivo

A prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, participou na manhã desta sexta-feira, dia 19 de março, na sede da Guarda Civil Municipal, da solenidade de posse de 23 novos Guardas que agora passam a reforçar o efetivo, que tinha 192 profissionais, entre homens e mulheres. Juntamente com a admissão dos novos guardas municipais, a solenidade marcou o início do Curso de Formação destinado aos profissionais recém contratados.
O Curso de Formação é mais uma etapa do processo de admissão em que os guardas são submetidos e tem a duração de três meses. A aula inaugural já foi iniciada nesta sexta-feira. O curso, ministrado por instrutores da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, terá continuidade na sede da guarda municipal, sendo realizado de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Depois de oito anos sem contratação de um único guarda municipal, a prefeita Dárcy Vera, reforçou o efetivo da corporação ampliando, nesta primeira etapa, de 192 para 215 profissionais. “As contratações visam a demanda de trabalho na cidade em defesa do patrimônio público e em benefício da população. Vocês vão unir forças à corporação e hoje assumem um compromisso com a cidade de Ribeirão Preto”, afirmou a prefeita.
Conquistas da Guarda Civil Municipal - André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, afirmou que além desta primeira etapa de contratação, a Guarda já garantiu algumas conquistas neste primeiro ano de governo da prefeita Dárcy Vera, entre elas a qualificação do efetivo com cursos na Academia de Polícia Civil; a realização do patrulhamento com nova filosofia de trabalho, colocando o guarda em contato direto com a população; a implantação do patrulhamento ciclístico; reimplantação do patrulhamento motociclístico; implantação de monitoramento dentro das Distritais de Saúde e aumento do efetivo no local; instalação da rede Infoseg, assegurando aos guardas o direito de levantar informações sobre pessoas e veículos, com rapidez e eficiência, estrutura diferenciada, etc. “Ainda buscamos a aquisição de novas viaturas e equipamentos, bem como a implantação do plano de carreira e o reconhecimento da categoria”, finaliza André Tavares.
2ª Etapa - Reforço continua – Além da posse dos 23 guardas municipais, a atual administração já dá andamento a segunda etapa de processo seletivo em que serão contratados mais 27 a partir do mês de julho. Esta iniciativa confirma um dos compromissos assumidos pela prefeita Dárcy Vera junto à população. As provas do TAF – (Teste de Aptidão Física) foram realizadas em fevereiro e foram convocados os 151 candidatos remanescentes do concurso realizado em novembro de 2007. Os candidatos ainda participarão do exame psicológico e médico. No total, 50 novas contratações serão efetivadas neste governo.
Efetivo aumentará de 192 para 242 guardas municipais – A partir de julho, o quadro de guardas municipais, somará um efetivo de 242 guardas. A prefeita Dárcy Vera explica que a contratação acontece num momento oportuno quando a administração busca uma maior qualidade no trabalho em defesa do patrimônio público. “Além disso, com a contratação, ganha a categoria, que terá mais estrutura de trabalho, e a administração municipal, que poderá contar com mais segurança ao crescente número de prédios municipais, como postos de saúde, escolas municipais, secretarias, entre outros”, finaliza a prefeita.
A solenidade também contou com as presenças de Adilson Massei, coordenador do Núcleo de Ensino da Academia de Polícia; Walmir Eduardo Granucci, diretor do Deinter; Vanir Silveira Junior, delegado Seccional; José Gonçalves Neto, delegado de Polícia e instrutor da Academia de Polícia do Estado de São Paulo; Lino Stramb, representando José Carlos Carvalho, presidente da ACI; Marco Antônio, secretário de Administração; Laerte Carlos Augusto, vice-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais; Édson Volpini, administrador Regional da Vila Virgínia, entre outros.

Ribeirão Preto participou da 1ª Conferência Nacional de Defesa Civil e Assistência Humanitária

Evento, de 23 a 25 de março, contou com três Guardas Civis Municipais representando o município. Conferência visa avaliar a situação de Defesa Civil, traçar diretrizes de atuação e fortalecer a participação social

Conferência Municipal de Defesa Civil, realizada este ano em Ribeirão Preto, assegurou ao município o direito de representatividade em Brasília, na Conferência Nacional de Defesa Civil


O município de Ribeirão Preto, representado pelos guardas municipais, Alexandre Pastova, Stelio Manuel Corêa da Fonseca e Jefferson Matiello, participou de 23 a 25 de março, da 1ª Conferência Nacional de Defesa Civil e Assistência Humanitária, que aconteceu no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília. Também participou do evento Vera Lúcia Casemiro, representando a Sociedade Civil.
A conferência visou avaliar a situação de Defesa Civil, traçar diretrizes de atuação e fortalecer a participação social. Em janeiro de 2010 Ribeirão Preto sediou 1ª Conferência Municipal de Defesa Civil, iniciativa que assegurou ao município o direito de representatividade em Brasília. cerca de 1.500 delegados, escolhidos durante as etapas municipais e estaduais.
Entre os temas abordados, a Conferência busca a reativação do Fundo Nacional de Defesa Civil, a criação da carreira de Agente da Defesa Civil e o fortalecimento do Sistema Nacional de Defesa Civil (Sindec). Além disso, o evento discutiu e analisou os três painéis sobre os eixos da 1ª Conferência Nacional de Defesa Civil e Assistência Humanitária.
O primeiro eixo “Desafios para a efetivação da defesa civil no século XXI: Estado, Sociedade, Clima, Desigualdade e Desenvolvimento” foi apresentado por Marcos Vinícius, da Universidade Federal da Bahia (UFBA); Airton Bodstein de Barros, da Universidade Federal Fluminense (UFF); e Luiz Cavalcanti, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).
No painel “Políticas Públicas de atenção integral ao cidadão: o paradigma da Assistência Humanitária”, a apresentação ficou sob a responsabilidade de José Magalhães, da Cáritas; Guilherme Franco Netto, do Ministério da Saúde, e Rejane Lucena, da coordenadoria de Defesa Civil de Jaboatão dos Guararapes.
O último painel abordou o tema “Mobilização e participação da sociedade na prevenção e no controle social sobre a efetivação da política pública de Defesa Civil”, com a participação de Márcio José Dertoni, da Petrobrás, e Cilene Victor da Silva, da Associação Brasileira de Jornalismo Científico.
O processo compreende uma mudança de atitude, ter acesso a recursos técnicos e materiais necessários, assim como assumir responsabilidades para levar a efeito atividades planejadas para a redução de riscos e desastres, e construir comunidades mais seguras. Segundo André Luiz Tavares, coordenador interino da Defesa Civil de Ribeirão Preto, a conferência trata de questões ligadas a conhecimentos técnicos em Defesa Civil, bem como medidas de prevenção e redução de desastres e catástrofes, além de difundir junto à comunidade um compromisso e consciência de construção de uma cultura de Defesa Civil, profissionalizando as ações desta área.

GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO PARTICIPOU DO IV ENCONTRO ANUAL DO FÓRUM BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA




Evento promoveu um espaço nacional de diálogo para o debate de idéias e a construção conjunta de novas práticas e propostas para o aprimoramento do setor.


O município de Ribeirão Preto, representado por André Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, participou de 15 a 17 de março, no Expo Center Norte, em São Paulo, do IV Encontro Anual do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
O evento possibilitou a reunião de policiais e gestores de segurança pública, além de pesquisadores e lideranças da sociedade civil de todo o país, destacados por seu envolvimento com iniciativas de inovação e aperfeiçoamento das instituições de segurança pública e interessados no compartilhamento de conhecimentos e experiências nas diversas áreas de atuação neste campo.
Segundo André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal em Ribeirão Preto, a meta do encontro é ampliar o diálogo entre todos os indivíduos envolvidos com o tema, fomentando o debate plural e democrático, bem como a formulação de políticas públicas bem fundamentadas na área, baseadas no relato de experiências dos profissionais do setor.
André Tavares ainda afirma que o encontro direcionou os participantes a discutirem o papel dos municípios com relação à segurança pública. “Além disso, este evento promoveu um espaço nacional de diálogo que reuniu profissionais da academia, da sociedade civil e gestores para o debate de idéias, a troca de conhecimentos e a construção conjunta de novas práticas e propostas para o aprimoramento do setor da segurança pública no Brasil”, destaca Tavares.


“A Polícia Judiciária e as Questões Práticas no Âmbito das relações Étnico-raciais”

Alunos GCM´S durante a palestra

Reunião na Câmara Municipal teve por objetivo discutir as relações étnico-raciais no âmbito da Polícia Judiciária

Na tarde desta sexta-feira, dia 26 de março de 2010, o superintendente da Guarda Civil Municipal, André Luiz Tavares, representou a prefeita Dárcy Vera, na reunião promovida pelo Centro de Direitos Humanos e Segurança Pública “Celso Vilhena Vieira”, da Academia de Polícia e com parceria da Coordenação de Políticas para População Negra e Indígena, Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra e Núcleo Regional de Ensino de Ribeirão Preto, que teve como tema: “A Polícia Judiciária e as Questões Práticas no Âmbito das relações Étnico-raciais”, ocorrida na Câmara Municipal de Ribeirão Preto. O evento contou com a participação de delegados, membros do Conselho da Polícia e autoridades ligadas à área.
O projeto foi lançado pela Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania e a Secretaria de Segurança Pública, por intermédio da Polícia Civil, em comemoração ao dia 21 de março, data em que se comemora o “Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, com o objetivo de promover reuniões na área para superação da discriminação e do racismo no Estado de São Paulo.
O anfitrião do evento, delegado e coordenador do Núcleo de Ensino da Polícia, Adilson Massei, falou sobre a necessidade de aprimoramento com relação à política de relações étnico-raciais e também a capacitação dos profissionais com relação a estas políticas.
Os componentes da mesa participaram de palestras abordando diversos temas relacionados à discriminação e etnias. A professora Elisa Lucas Rodrigues, presidente do Conselho Estadual da Comunidade Negra, disse que este é o momento de pararmos e refletirmos e fazer com que o Estado, o país faça uma adesão a este novo tempo de discutir e refletir sobre o tema. “Esta é uma forma de caminhar, para que nós tenhamos um olhar diferenciado por parte do poder público, especialmente com relação à segurança pública para com a população negra”, disse.
Para André Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, reuniões como estas sempre acrescentam e esclarecem sobre o assunto. “Devemos sempre seguir o princípio do respeito à igualdade e a outras etnias. Reuniões como esta, sempre acrescentam informações para utilizarmos no dia- a -dia”, disse.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

IV Seminário Internacional sobre Delinqüência Juvenil em Ribeirão Preto

Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto apoiou e participou
do IV Seminário Internacional sobre Delinqüência Juvenil
Seminário destaca importância da avaliação psicossocial no processo judiciário
A palestra da juíza Canadense da Corte do Quebec, Lucie Rondeau, e do Centro de Jeunesse de Quebec/Canadá, que aconteceu na manha desta sexta-feira, 26 de março de 2010, no Centro de Convenções pontuou importantes informações para um público de aproximadamente 800 pessoas que participaram do IV Seminário Internacional sobre Delinqüência Juvenil.
Um dos temas abordados relatou a importância do trabalho conjunto do Social e do Psicossocial com o Poder Judiciário na força tarefa em combate a Delinqüência Juvenil. Mais do que as condições socioeconômicas, a falta de interação entre pais e filhos, a existência de parentes com problemas psicopatológicos e os problemas escolares são fatores determinantes para a inserção dos jovens no mundo do crime. Para lidar com o jovem em conflito com a lei (no caso de pequenos e graves delitos) é necessário organizar uma metodologia correta de “punições” para que haja maior compreensão do ato infracional cometido e o reconhecimento do delito por parte do infrator. “Em Quebec os adolescentes podem ser acusados dos 12 aos 18 anos por algum delito que cometeu, portanto se esse adolescente reconhecer o ato delinqüente uma medida de correção extrajudicial pode encerrar o caso”, afirmou Lucie. Trabalhos Sociais - A autonomia de medidas extras judiciais na província canadense aconteceu em função da qualidade dos trabalhos sociais de bons resultados executados, o que também agiliza o tramite de processos mais complexos nos tribunais, a rápida sanção judicial, e o baixo índice de reincidência no mundo do crime. Os casos de delinqüentes resolvidos nos tribunais são na maioria das vezes os de maior gravidade, ou aqueles que o infrator deixou de cumprir a pena determinada pelo social (pela medida extrajudicial); desta forma ele passa a ser então acusado pelo Poder Judiciário. Para julgar esse adolescente o juiz deve considerar: seu estado de dependência, grau de maturidade, circunstâncias agravantes ou atenuantes relacionadas à sua situação, antecedentes judiciários ou extrajudiciais (fornecidos pelo social), e quanto à infração deverá ser avaliado: a participação do adolescente na infração, os danos causados, seu caráter intencional, as circunstâncias agravantes em torno do cometimento da infração. Para sanar a infração esses jovens tem a oportunidade de reparar a vítima (indenização), prestar serviços á comunidade, participar de encontros e atividades de desenvolvimento social, estar em liberdade assistida, seja ela, com acompanhamento ou vigiada, ou internação. Vale lembrar que para todos os adolescentes existem relatórios com informações eficazes sobre o delito, e que no caso de abordagem feita por policial o suspeito deve ser apresentado ao juiz num prazo de 24 horas, e o advogado de acusação (posição de promotor no Brasil) deve conter provas contundentes contra o acusado.
Fonte: http://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/ccs/snoticias/i33principal.php?id=14018
Na foto vemos da esquerda para a direita: GCM´s Normando, Lino, GCMF Neiva, Comandante da GCM-RP André Tavares, GCMF Lucilaine.
Na oportunidade as GCMF´s ficaram imcumbidas de recepcionar as autoridades presentes no evento

Guarda Municipal de Ribeirão Preto participa de reunião dos Consegs

Reuniões visam a integração de autoridades e representantes da sociedade civil para a solução de problemas nos bairros

Reunião dos Consegs reúne autoridades e representantes da sociedade civil

Ribeirão Preto sediou nesta quinta-feira, 25 de março de 2010, a reunião dos Consegs (Conselhos de Segurança), que contou com a participação da Guarda Municipal, Polícias Militar e Civil, ACI (Associação Comercial e Industrial) de Ribeirão Preto e representantes da sociedade civil, além da presença de representantes de todos os Consegs da cidade para debater e encontrar estratégias para problemas ligados à segurança dos bairros.
Na pauta da reunião foram discutidas principalmente medidas preventivas contra a violência. Segundo a diretora operacional da Guarda Municipal de Ribeirão Preto, Lidiana Standoro, a intenção do encontro foi sentir de perto os problemas vividos pela população e, através deste conhecimento, estudar soluções que possam ser colocadas em prática para o melhor desenvolvimento do trabalho da Guarda Municipal. “A interação tem o objetivo final de solucionar os problemas constatados com maior eficácia” afirma a diretora.
Com oito unidades localizadas nos bairros de Ribeirão Preto, o Conseg alia forças entre autoridades e sociedade civil, já que muitos dos problemas detectados são resolvidos juntamente a setores como Secretaria de Assistência Social e Fiscalização Geral.

GCM de Ribeirão Preto participou do Curso de Capacitação de Agentes Multiplicadores na Prevenção ao Uso Nocivo de Drogas,

A Prefeitura Municipal de Serrana - SP, a Segurança Escolar e a Guarda Municipal de Serrana com o DENARC-SP (DIPE) promoveram o Curso de Capacitação de Agentes Multiplicadores na Prevenção ao Uso Nocivo de Drogas, o curso aconteceu de 22 de Março a 26 de Março de 2010, das 19:00 as 22:30, na Secretaria de Educação de Serrana. Av. Deolinda Rosa 1350.

A Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto (GCM-RP) esteve presente no curso através da participação do Comandante GCM André Tavares, GCM´s Lino, Normando, Fortuna e Mendes, os quais são agentes de prevenção credenciados pela Associação Nacional de Prevenção ao Uso e Abuso de Drogas, mas que tiveram a oportunidade de ampliarem seus conhecimentos com as palestras dos agentes da Polícia Cívil, que demonstraram brilhantismo , profundo conhecimento e capacidade pedagógica para formar e capacitar agentes de prevenção ao uso de drogas.

Parabéns aos amigos de Serrana e ao DENARC pelo excelente curso!

Da esquerda para direita: André Tavares (Comandante da GCM de Ribeirão Preto), Delegado Dr Reinaldo Côrrea (Diretor da DIPE), Ricardo Alves Costa (Comandante da Segurança Escolar de Serrana) e José Ronaldo da Silva (Comandante da Guarda Civl Municipal de Serrana).

ASSOCIAÇÃO CAPELANIA DAS GUARDAS MUNICIPAIS DO BRASIL - ACGMB

No dia 27 de março de 2010 os GCM´s Carniel, Cavalcante, Paulo e Souza participaram de evento da ACGMB na cidade de Cotia. Na oportunidade foram criadas as regionais da ACGMB, sendo a GCM de Itapevi a Regional I, a GCM de Cotia a II e a GCM de Ribeirão Preto a III.
A Capelânia visa prestar assistência religiosa e espiritual, assim como colaborar com a Corporação na formação cívica, moral e ética dos GCM´s, respeitando-se em qualquer situação, a liberdade de culto preconizada pela Constituição Federal; cooperar nas atividades de assistência e serviço social da corporação; visitar, com frequência, os doentes da corporação, fazer com que sua presença seja agradável e confortadora nos momentos de angústia e apaziguadora nas situações de discórdia; contribuir para o bem estar moral e disciplinar da tropa em geral; colaborar com um ambiente fraterno entre os integrantes da corporação; evocara a cada GCM para que, durante sua árdua tarefa de manter a orderm e a tranquilidade pública, enalteçam o respeito e a dignidade humana.
Enfim, a finalidade da Capelania é manter na Instituição um GCM com conhecimento da Bíblia, independente de religião, para levar aos demais companheiros o alimento espiritual e contribuir na integração entre os GCM´s, de forma a fortalecer a União da Corporação e prestar auxílio aos que porventura necessitarem.
Na foto vemos GCM´s de Itapevi e de RibeirãoPreto
A esquerda do Superintendente André Tavares está o Capelão Lacerda da GCM de Itapevi

GCM RECUPERA MAIS UMA MOTO FURTADA


A Vtr 155 ROMU em patrulhamento nas imediações da Escola Municipal Geralda Spin, no bairro Ribeirão Verde em Ribeirão Preto, percebeu quando um motoqueiro apagou o farol do veículo para tentar passar desabercebido. De imediato, os GCM´s solicitaram a Central de Atendimento da GCM para verificar na Rede Infoseg se existia alguma ocorrência envolvendo o referido veículo e o sistema acusou que a moto era produto de furto. O infrator foi conduzido ao Plantão Policial, onde a Autoridade presente lavrou o devido boletim de ocorrência e apreendeu a moto RD Yamaha para ser restituída a seu proprietário.

GCM, TRANSERP E PM FAZEM ESCOLTA DE CARRO DA FÓRMULA INDY PELAS RUAS DE RIBEIRÃO PRETO

Carro biposto promocional da Fórmula Indy percorre ruas de Ribeirão Preto


Veiculo atraiu a atenção de todos por onde passava
O carro biposto promocional da Fórmula Indy fez uma parada na tarde desta quarta-feira, dia 10, num posto de combustível nas proximidades do Palácio Rio Branco, região central da cidade. Dezenas de pessoas pararam para ver de perto o veículo. A corrida de rua inaugura a temporada do Campeonato Mundial de Fórmula Indy em São Paulo, neste domingo, dia 14 de março, no Sambódromo, zona Norte da capital paulistana.

GCM LOCALIZA MOTO ROUBADA

No dia 28 de março de 2010, em patrulhamento pela estrada do Horto Florestal Municipal de Ribeirão Preto, os integrantes da VTR 514 APOIO da GCM, avistaram dois indivíduos em atitude suspeita em uma moto, os quais ao perceberem a presença da guarnição, abandonaram a moto e empreenderam fuga pela mata. Com apoio das demais VTRs da GCM, foi feito uma varredura pelo local na tentativa de localizar os indivíduos, porém sem êxito. A motocicleta HONDA/CG 125 TITAN preta, sem placas e com a numeração do chassis raspados deixada por eles foi apresentada ao 1º Plantão Policial onde foi feito o Auto de Exibição e Apreensão.

Parabéns aos GCMs Da Silva e Machado pela ocorrência, demonstrando estarem sempre atentos em seus patrulhamentos.

GCM´s RETIRAM DE CIRCULAÇÃO MELIANTE QUE AGIA NO CENTRO DE RIBEIRÃO PRETO


No dia 19 de março de 2010, por volta das 18 horas, em patrulhamento de rotina pela área central de Ribeirão Preto, os integrantes da VTR GCM ROMU 155 foram informados de que um indivíduo havia efetuado roubo em uma banca de revista na Praça Camões. Com as características passadas pela testemunha, iniciou-se diligências na tentativa de localizar o autor do delito e a guarnição obteve êxito em localiza-lo e dete-lo, sendo que foi encontrado em seu poder a importãncia de R$ 159,00 (cento e cinquenta e nove reais).
Posteriormente, foi informado pela vítima de que o infrator adentrou em seu estabelecimento dizendo estar armado e que queria todo o dinheiro caso contrário a mataria.
O indivíduo foi conduzido pela guarnição ao 1º Distrito Policial, onde a Autoridade Policial após tomar conhecimento dos fatos, determinou que fosse lavrado o Boletim de Ocorrência e ratificou a voz de prisão em flagrante delito, pela prática de roubo consumado, capitulado no art.157 do Código Penal Brasileiro. O indivíduo foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória, onde ficará à disposição da Justiça.

Parabéns aos GCMs Rocha, André Luiz e Guedes por mais esta ocorrência demonstrando estarem atentos em seus patrulhamentos e sempre atuando de forma ágil e profissional nas ocorrências que deparam. Também não podemos deixar de ressaltar o apoio do GCM Dias, que mesmo estando em seu horário de folga, mas percebendo a ação dos companheiros, foi em apoio teve participação fundamental na detenção do meliante.

GCM-RP PÕE FIM A BRIGA GENERALIZADA

No dia 12 de março de 2010, em patrulhamento de rotina pelo bairro Vila Seixas, nas proximidades da Base Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto,mais precisamente pela Rua Florêncio de Abreu, ao se aproximarem do nº 1508, integrantes da VTR 510 da GCM, depararam com uma briga generalizada, razão pela qual tentaram apaziguar os ânimos e por fim à violência, porém um indivíduo passou a investir contra a guarnição jogando garrafas e pedaços de pedras, sendo necessário acionar o apoio de outras Vtr´s. O indivíduo foi detido e apresentado ao 1º Plantão Policial, onde após tomar ciência dos fatos, a Autoridade Policial determinou que fosse lavrado um BO de desacato (art. 331) consumado.

Parabéns aos GCMs Fortuna e Tânia por mais esta ocorrência, demonstrando estarem preparados para qualquer situação que possa se deparar em seus patrulhamentos, agindo de forma ágil e profissional. Vale ressaltar o apoio dos GCMs Ciro, Carvalho, Herivaldo, Leonardo e Medina, que foram fundamental para o encerramento da briga e a condução do indivíduo ao DP, demonstrando que na GCM somos um por todos e todos por um.