quinta-feira, 23 de junho de 2011

Prefeitura reativa subsede da Guarda Civil Municipal para atender cerca de 80 mil moradores da região Sudeste

Iniciativa integra programa de descentralização da corporação e terá ronda cidadã durante 24 horas


Ronda cidadã e democrática: prefeita Dárcy Vera ao anunciar a volta das atividades 24 horas na sede da Guarda Civil Municipal no conjunto Roberto Benedetti


Segurança cidadã, ágil e descentralizada. Assim irá atuar o efetivo da Guarda Municipal de Ribeirão Preto, que retomou nesta quarta-feira, dia 22, as atividades na subsede da corporação que há mais de sete anos estava fechada, no Jardim Roberto Benedetti (Bancários), localizada na região Sudeste da cidade. O equipamento, que já está funcionando, terá uma viatura e cer ca de 12 guardas para atender também o Jardim Manoel Penna, São José, Recreio Anhanguera e Recreio das Acácias.
A solenidade de reativação do posto, que recebeu uma série de melhorias, foi acompanhada pela prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, pelo vice- prefeito Marinho Sampaio, André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Municipal, secretários, vereadores, e diversas lideranças comunitárias dos cinco bairros que comemoraram a volta das atividades da subsede, já que a localidade tem sido alvo de muitos assaltos em residências.

“Estamos efetivando o projeto determinado pela prefeita, que descentraliza as ações e torna a guarda ainda mais próxima da comunidade”, diz André Tavares, superintendente da Guarda Municipal


De acordo com André Tavares, essa iniciativa atende a uma determinação da prefeita em promover uma guarda cidadã e próxima da comunidade. “Essa é nossa segunda base. A primeira já atende o distrito de Bonfim Paulista. Nossa função precípua é cuidar dos prédios públicos, mas a presença dos guardas municipais certamente já inibe a ação de criminosos e colabora para a manutenção da paz social. Para nós é muito bom atender a tantas solicitações para a volta do funcionamento da base dos Bancários”, explicou Tavares.
Ele destacou ainda que a base funcionará 24 horas revezando até 12 guardas. Temos uma boa estrutura para trabalhar, pois nesta região existem muitos equipamentos municipais, como postos de saúde, creches, escolas e centros comunitários”, emenda o superintendente da Guarda Municipal. A presidente da Associação dos Moradores dos Bancários, Maristela Bueno, disse que a comunidade estava feliz com a inauguração da base.
“Estamos vivendo um sonho. Agradeço a prefeita Dárcy Vera e o André Tavares, que tiveram um olhar social para o nosso bairro e região. Essa retomada nos dará mais tranqüilidade. Já perdemos a conta do quanto pedimos a volta da base da Guarda Municipal. Foram muitos e-mails, ofícios, audiências e a prefeita concretizou o que nos prometeu”, disse Maristela solicitando, na oportunidade, um espaço para alguma atividade que atenda os idosos da localidade. Outra representante da associação, Maria de Lourdes Vitta, acrescentou que essa era um dos maiores anseios dos Bancários.


Vivendo um sonho: Maristela Bueno, presidente da Associação dos Moradores do conjunto Roberto Benedetti:“ Estamos realizados. A administração teve um importante olhar social para nós”
“Sempre achamos que era possível retomar as atividades da base e sempre lutamos por isso. Hoje estamos muito contentes com atitude da administração”, emenda Vitta. O radialista Rene Andrade, liderança comunitária do Complexo Sudeste salientou: “Essa data será marcante para a história do bairro e da região Sudeste. A volta do funcionamento da base da guarda é uma felicidade. Há anos reivindicamos isso sem sucesso. Agora vamos parar de reclamar”.
Representando a Câmara Municipal, o vereadorBertinho Scandiuzzi acompanha essa reivindicação dos moradores do conjunto há anos. “Para mim é também um dia especial. O pedido tantas vezes ouvido virou realidade. Agradeço o comprometimento da prefeita com a segurança destes bairros. Também comemoro essa reativação”, disse o vereador.
O vice-prefeito Marinho Sampaio lembrou que os guardas municipais também desenvolvem importante trabalho em Bonfim Paulista. “A primeira base do projeto de descentralização dá bons resultados na área de segurança, pois leva tranqüilidade para moradores e comerciantes e aqui será assim”, avalia Marinho. A prefeita Dárcy Vera lembrou que recentemente recebeu as representantes da Associação de Moradores pedindo que a administração priorizasse a volta da subsede da Guarda Municipal.


“Essa data será marcante para a história do bairro e da região Sudeste”, diz o radialista e morador do São José, Renê Andrade

“Eu disse que faríamos isso e hoje estamos efetivando essa solicitação, que era tão esperada pela população desses bairros. A atuação da corporação vai beneficiar mais de 80 mil pessoas e será um auxílio ao cidadão como forma de estreitar o relacionamento entre a comunidade e a Guarda Municipal. Nossa intenção é realizar esse trabalho em outras regiões”, informou a prefeita.
Na oportunidade ela também comentou que esta abrindo mais de 9 mil novas vagas em escolas municipais e, por conta disso, precisará de mais guardas municipais. Por isso já autorizou a abertura de concurso público para este semestre. “Chamei todos os concursados. Coisa que não era feita há oito anos. E vou precisar de mais 45 guardas, daí a abertura do concurso para atender as nove escolas que vamos entregar” finalizou a prefeita, elogiando as lideranças comunitárias que tanto atuaram para a reabertura da sede a guarda no conjunto Roberto Benedetti.

A prefeita Dárcy Vera, o vice-prefeito Marinho Sampaio, André Tavares, superintendente da Guarda Municipal, autoridades e lideranças comunitárias descerram a placa da subsede dos Bancários Efetivo da Guarda Municipal de Ribeirão Preto durante o evento de reativação da subsede


Instalações da sede da Guarda Municipal, nos Bancários

Nenhum comentário:

Postar um comentário