quarta-feira, 24 de julho de 2013

Ribeirão Preto assina termo de adesão ao Programa ‘Crack, é possível vencer’

 
Coordenadoria de Comunicação Social - Notícias
Ribeirão Preto, 24 de Maio de 2013 - 16h44
Ribeirão Preto assina termo de adesão ao Programa ‘Crack, é possível vencer’
Programa também beneficia municípios com bases comunitárias móveis, veículos, câmeras de videomonitoramento fixo, além de capacitação para guardas
 
Divulgação

André Tavares, representando o município de Ribeirão Preto, durante cerimônia de assinatura do termo de adesão ao Programa ‘Crack, é possível vencer’
 

O município de Ribeirão Preto, representado por André Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, assinou nesta sexta-feira, dia 24, juntamente com mais 15 cidades, o termo de adesão ao Programa ‘Crack, é possível vencer’. A cerimônia foi realizada na Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania, no Espaço da Cidadania, André Franco Montoro, em São Paulo.
De acordo com o programa, serão investidos aproximadamente R$ 220 milhões para reforçar a segurança pública e o atendimento em saúde e assistência social voltado ao cuidado e tratamento de dependentes químicos nas cidades de São Bernardo do Campo, Santo André, Ribeirão Preto, Sorocaba, Marília, Santos, Mogi das Cruzes, Mauá, Itaquaquecetuba, Osasco, Presidente Prudente, Carapicuíba, Araraquara, Jundiaí e Limeira.
Segundo André Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, a assinatura deste termo de adesão ao Programa ‘Crack, é possível vencer’ confirma que Ribeirão Preto tem um plano de ações integradas de enfrentamento ao crack e outras drogas aprovado pelo Ministério da Justiça. “O programa nos oferece várias ações, no segmento de segurança, saúde e assistência social, visando à prevenção, cuidado e segurança”, destaca Tavares.
Ribeirão Preto, de acordo com André Tavares, deve receber até o mês de julho, duas Bases Comunitárias Móveis que atenderão, respectivamente, aos Complexos Ribeirão Verde e Paulo Gomes Romeo, dotando cada Base com 20 câmeras de videomonitoramento fixo, num total de 40 câmeras. “Além disso, o município ainda receberá quatro viaturas com quatro rodas e quatro viaturas com duas rodas, bem como curso de formação em policiamento comunitário para 80 guardas civis municipais, ministrado por profissionais da Secretaria Nacional de Segurança Pública e doação de armas não letais. As bases comunitárias móveis são fundamentais para nossa cidade, assim como as câmeras de monitoramento, como forma de coibir furtos, e roubos. Esses benefícios garantirão o  melhoramento das condições de segurança da cidade”, completa André Tavares.
A cerimônia de assinatura do termo de adesão ao programa também contou com a presença dos prefeitos e representantes dos municípios beneficiados; do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; da secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki; da secretária Nacional de Assistência Social adjunta, Valéria Gonelli, e do coordenador da Saúde Mental Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde, Roberto Tykanori.
Programa Crack, é possível vencer - Enfrentar o crack é compromisso de todos. O programa Crack, é Possível Vencer, lançado foi lançado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, em dezembro de 2011 irá trabalhar em parceria com estados, municípios e a sociedade em três eixos: prevenção, cuidado e segurança. No total, estão previstos R$ 4 bilhões em recursos federais até 2014, que serão investidos em ações de orientação da população, capacitação de profissionais, aumento da oferta de tratamento e atenção aos usuários, além do enfrentamento ao tráfico de drogas.


Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto - Praça Barão do Rio Branco, s/nº - Centro - CEP 14010-140 - Fone (16) 3977-9000
Desenvolvido por Coderp (Cia. de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto) e Coordenadoria de Comunicação Socia

Nenhum comentário:

Postar um comentário