segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

INFOSEG

Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto
passará a operar o Sistema INFOSEG


No dia 12 de fevereiro de 2010 o Superintendente da GCM André Tavares, a Diretora Operacional GCMF Lidiana, Diretora Administrativa GCMF Leocádia e a GCMF 1ª classe Rosângela estiveram na cidade de São Paulo, no prédio da Polícia Civil, onde receberam treinamento para operar o sistema INFOSEG e obtiveram a senha de acesso.
Essa conquista é fruto de um convênio firmado pelo Município de Ribeirão Preto com o Ministério da Justiça e em breve estará em pleno funcionamento. A Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto integrará o seleto rol de aproximadamente 30 GCM ´s operando o sistema em todo o Estado SP.

INFOSEG

A INFOSEG é uma rede que reúne informações de segurança pública dos órgãos de fiscalização do Brasil, através do emprego da tecnologia da Informação e comunicação. Tal rede tem por objetivo a integração das informações de Segurança Pública, Justiça e Fiscalização, como dados de inquéritos, processos, de armas de fogo, de veículos, de condutores e de mandados de prisão.
A rede passou integra informações de Segurança Pública, Justiça e de Fiscalização em todo o País, integra também um conjunto de bases de dados distribuídas pelos estados da Federação e por órgãos do governo federal, sendo sua finalidade disponibilizar as informações contidas em qualquer base integrante ao usuário que dela necessite.
fonte: Rede INFOSEG

MATÉRIA PUBLICADA NO JORNAL GAZETA DE RIBEIRÃO
13/02/2010





GCM fecha convênio para ter informações online

Rede Infoseg permite identificação de suspeitos por meio da placa do veículo, por exemplo
A Guarda Civil Municipal (GCM) de Ribeirão Preto começará a utilizar, na semana que vem, a Rede Infoseg, num convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Com o sistema, os guardas poderão ter acesso a informações como antecedentes criminais de suspeitos e histórico de veículos, por meio das placas.Ontem, o superintendente da GCM, André Luiz Tavares, além de mais três guardas, estiveram em São Paulo para firmar o convênio e buscar uma senha a ser utilizada nas pesquisas ao sistema. Os guardas que estiverem nas ruas deverão ligar para a base da GCM, que terá acesso à rede.“Com a rede, o trabalho da GCM fica mais intensificado. Poderemos checar com mais rapidez se um suspeito é procurado, principalmente no Cetrem, onde um procurado da Justiça permaneceu no ano passado, por exemplo”, afirmou Tavares.


AMPLIAÇÃO.
Agora, o superintendente da GCM pretende ampliar a Central de Atendimento e Despacho (CAD), que hoje conta com o monitoramento de unidades de saúde por meio de câmeras. Com a implantação do Infoseg, mais três atendentes deverão permanecer no local. Ainda segundo ele, a médio prazo, deverão ser instaladas mais duas telas de LCD, de 32 polegadas, para que outros prédios públicos e praças também sejam monitoradas. Em caso de ocorrências de furtos, por exemplo, as imagens podem ser anexadas ao processo do suspeito. (GY)
Fonte:http://gazetaderibeirao.cosmo.uol.com.br/conteudo/mostra_noticia.asp?noticia=1674287&area=92020&authent=A8E96528A7247011506EB3379DC91A

Nenhum comentário:

Postar um comentário